3 de abril de 2012

Em Outono

Vive de vazio,
de olhos frios,
abraços frouxos.

Vive de espera,
de um talvez,
vive do que era.

Vive de algo que se foi,
vive de algo que nem veio,
vive em receio.

Vive em espera eterna
por não ter a eternidade
pra viver a esperança que aquele sonho dera...





"When you walk away I count the steps that you take..."


3 comentários:

  1. Que triste...

    Vc traduz emoções em palavras, como ninguém!

    ResponderExcluir
  2. "Vive de espera,
    de um talvez,
    vive do que era."

    Triste e intenso! Belas palavras! *-*

    ResponderExcluir